BlogComo fazer o fechamento de varandas com vidro

Para fazer o fechamento de varandas, não é mais preciso usar janelas e caixilhos convencionais. Existe um sistema que vem sendo cada vez mais utilizado em varandas de prédio, principalmente, que tem caixilhos apenas na parte de cima e de baixo, e com folhas de vidro que se abrem totalmente.

 

Essa configuração faz com que seja possível deixar a varanda totalmente aberta, como era originalmente, mantendo inclusive o guarda-corpo original, e também fica extremamente leve mesmo quando os vidros estão fechados. O aspecto leve faz inclusive com que esse seja o tipo de fechamento mais facilmente aprovado pelos condomínios, já que o impacto visual na fachada é mínimo.

A primeira folha, em um dos dois cantos, abre como uma porta convencional, para dentro da varanda, e as folhas seguintes deslizam em direção a este mesmo canto para abrirem da mesma forma. No final, é possível deixar todas as folhas acumuladas na ponta e o resto da varanda toda aberta, ou então abrir somente parcialmente.

fechamento de varandas personal evolution 1Imagem: Personal Evolution

Entre as lâminas de vidro são colocados fios de feltro, que fazem a vedação de maneira imperceptível. Sendo assim, a água das chuvas realmente não entra na varanda quando os vidros estão fechados. É claro que para isso a instalação tem que ser bem feita.

fechamento de varandas personal evolution 2Imagem: Personal Evolution

Essa solução é boa para aproveitar melhor as varandas, usando móveis que não possam ser molhados, e criar maior amplitude na parte interna sem perder a abertura da varanda, que proporciona maior ventilação. Por outro lado, quando está fechada a varanda pode ficar muito quente, especialmente se receber muita luz solar. Para amenizar esse problema, impedindo que o ambiente se transforme em estufa, e também para garantir maior privacidade podem ser usadas persianas que refletem a luz do sol. Persianas do tipo rolô, que se abrem para cima, são uma boa opção, pois quando abertas ficam totalmente recolhidas, sem interferir portanto na vista e na ventilação do espaço.

Os perfis de alumínio podem ser brancos ou pretos, adequando-se à linguagem existente no restante do ambiente ou construção.

Via

Artigos Relacionados

  • PERFIL: Rem Koolhaas

    PERFIL: Rem Koolhaas

    Rem Koolhaas é um arquiteto nascido nos Países Baixos, é um dos fundadores do OMA – Office for Metropolitan Architecture em Londres. Para Koolhaas, a arquitetura está muito ligada ao programa, porém o arquiteto tenta evitar a excessiva dependência do programa, pois para ele a arquitetura elimina a liberdade, “Onde não há nada, tudo é possível; onde há arquitetura, nada mais é possível."

  • Plantas que purificam o ambiente

    Plantas que purificam o ambiente

    Se gosta de espaços verdes, disfrute deles em sua casa. Aliás, foi cientificamente provado que existem algumas plantas que trazem benefícios para a saúde. Cada planta produz oxigênio, mas há também algumas que purificam e contribuem para um ambiente mais agradável e saudável.

  • Abertura de Processo na Prefeitura Municipal de São José dos Campos

    Abertura de Processo na Prefeitura Municipal de São José dos Campos

    Saiba quais os passos para a aprovação do seu projeto de Alvará de Construção ou Regularização na Prefeitura de São José dos Campos e a documentação necessária: Informações retiradas do site da Prefeitura Municipal de São José dos Campos e a documentação necessária.

  • Seis casos bem sucedidos de bibliotecas comunitárias que promovem o acesso à leitura

    Seis casos bem sucedidos de bibliotecas comunitárias que promovem o acesso à leitura

    Há algum tempo atrás, em Nova York, algumas bibliotecas públicas foram instaladas em cabines telefônicas onde as pessoas podiam pegar livros com a condição de devolvê-los ao terminar de ler para que outras pessoas pudessem pegá-los emprestados. Este tipo de biblioteca se replicou como uma intervenção em outros países com o objetivo de promover o acesso gratuito à leitura.

  • X Bienal de Arquitetura de São Paulo

    X Bienal de Arquitetura de São Paulo

    A X Bienal de Arquitetura de São Paulo será realizada de 28 de setembro a 24 de novembro de 2013, com a curadoria de Guilherme Wisnik, Ana Luiza Nobre e Ligia Nobre. Com o tema Cidade: modos de fazer, modos de usar, a X Bienal tem como objetivo expandir a atenção sobre a cidade em suas múltiplas dimensões e escalas, seja pela sua construção e desenho, seja pelos mais variados usos e apropriações dos seus habitantes.